quinta-feira, 31 de março de 2011

Resumo da semana desportiva

FUTEBOL:
Os seniores deram a melhor resposta à derrota da passada semana, ao vencer o Felgueiras por 2-1, praticando um futebol espectacular. Paulinho foi novamente herói, ao apontar os dois golos que deram a vitoria ao Infesta, mantendo a distancia de 8 pontos para o segundo classificado, Grijó, que também venceu este fim de semana. No próximo domingo, o Infesta desloca-se ao terreno do difícil Nogueirense, que ainda acalenta esperanças de chegar ao segundo lugar.
Os juniores surpreendentemente, foram derrotados na deslocação ao Alfenense pela margem mínima. Apesar da derrota, a equipa mantém-se na luta por uma posição que dê acesso à fase final pois o Tirsense cedeu também pontos na recepção ao Felgueiras. No próximo sábado, o Infesta recebe o Penafiel e só a vitoria interessa aos pupilos de José Catalão que esperam mais um deslize da equipa de Santo Tirso.
Os juvenis perderam na deslocação ao terreno do Senhora da Hora por 5-2 e disseram praticamente adeus à manutenção. Os golos de Sousa e Rúben, foram insuficientes para a equipa vencer os vizinhos do Senhora da Hora. No próximo domingo, a equipa recebe o Vilanovense.
Os iniciados empataram a dois, com golos de Tiago e João Pedro, em casa com o Senhora da Hora mas mantêm-se na liderança da serie dos 8ºs juntamente com o GDC Ferreira, ambos com 4 pontos. No próximo domingo, a equipa desloca-se ao São Martinho.
Os infantis perderam na deslocação ao Nun'Álvares por 4-3 mas estiveram a vencer por 0-3 até 10 minutos do fim, permitindo depois à equipa de Paredes dar a volta ao marcador. O Infesta sofre assim a segunda derrota em dois jogos na fase dos 5ºs, estando na ultima posição sem qualquer ponto. No próximo sábado, a equipa recebe o Ac.Amarante.
Os benjamins perderam em casa com o líder Varzim por 0-3, descendo agora ao 10º lugar na fase de apuramento do campeão. No sábado, a equipa desloca-se ao Nogueirense.

ANDEBOL:
Os seniores iniciaram da melhor forma a fase de subida à 2ª Divisão Nacional ao vencer em casa o Samora Correia por 36-26. O Infesta é líder a par do Benavente mas tem melhor diferença de golos. No próximo sábado, recebe o Ílhavo.
Os juniores perderam com o Boavista por 27-25 e desceram ao ultimo lugar do campeonato. No próximo dia 10 de Abril, o Infesta defronta em Lisboa o Sporting.
Os juvenis perderam por 17-18 em casa com líder do campeonato o Ginásio de Santo Tirso. A equipa do Infesta encontra-se agora no 4º lugar a cinco pontos da liderança. No próximo domingo, a equipa desloca-se ao pavilhão da Académica de S.Mamede.
Os infantis venceram o Colégio dos Carvalhos por 22-23 e mantém-se no primeiro lugar juntamente com o Póvoa do Varzim. No próximo domingo recebem o Estrela e Vigorosa.
Os minis perderam 11-28 com o Aguas Santas e foram ultrapassados pela equipa maiata na classificação. No próximo sábado, a equipa desloca-se ao CPN.

quarta-feira, 30 de março de 2011

João Silva em entrevista ao Blogue do Infesta

O defesa junior João Silva aceitou dar uma entrevista ao Blogue do Infesta. Define-se com um central rápido, bom na antecipação e no desarme e para já, só pensa em ajudar a equipa a chegar à fase final para subir à 2ª Divisão Nacional.

Veja a entrevista na integra na pagina dos juniores ou clique aqui.

Fábio Magalhães em entrevista ao Blogue do Infesta

O extremo Fábio Magalhães da equipa de juniores, aceitou dar uma entrevista ao Blogue do Infesta. Disse que tem como referencias os extremos portugueses Ronaldo, Quaresma e Nani e explicou porque lhe chamam "Flamengo".

Veja a entrevista na página dos juniores ou clique aqui.

segunda-feira, 28 de março de 2011

Paulinho embala Infesta para a vitória

O Infesta deu mais um passo firme rumo à subida aos Nacionais. O líder do campeonato até foi para o intervalo em desvantagem no marcador, mas, depois, precisou de apenas 12 minutos para operar a "remontada". Paulinho, o goleador mor da equipa, bisou e embalou o conjunto mamedense para a conquista dos três pontos, que mantêm a concorrência à distancia. Triunfo inteiramente justo do Infesta, mas que peca por escasso, tais foram as oportunidades de golo que desperdiçou ao longo dos 90 minutos.

FONTE: Jornal de Noticias

Infesta consegue reviravolta sofrida

Distrital do Porto: CA Felgueiras esteve a vencer até ao intervalo

O Infesta obteve uma sofrida e justa vitória sobre o CA Felgueiras por 2-1, depois de ter estado a perder até ao intervalo.

O líder da Divisão de Honra da AF Porto até dispôs de boas oportunidades para não se deixar surpreender nos primeiros 45 minutos de jogo, mas a falta de acerto na finalização acabou por lhe ser fatal. Assim, depois de um primeiro aviso do felgueirense Bruno, que atirou ao minuto 15 à parte superior do poste da baliza do Infesta, o balde de água fria surgiu bem perto do intervalo. O extremo Bruno foi servido nas costas da defesa do Infesta e perante a saída do guarda-redes adversário apenas teve de rematar em chapéu para o golo inaugural.
Um tento que abanou a equipa da casa, que logo no reatamento procedeu a alterações no onze. Mesmo assim, seria o golo do ponta-de-lança Paulinho, na conversão de um livre sobre a linha-limite da área, que lançou o Infesta para a reviravolta no marcador quando só decorriam dois minutos da segunda parte.
O 2-1 também não tardou. O mesmo Paulinho concluiu no coração da área um livre indirecto favorável ao Infesta. Estava consumada a alteração no marcador e, a partir daí, a equipa da casa passou a jogar muito mais solta.
Os lances para possível golo sucederam-se junto à baliza do Felgueiras. Valeu o desempenho do guarda-redes Cura, que com um punhado de boas defesas impediu que o triunfo do Infesta fosse mais dilatado. Que o digam Pedro Nuno e Vitinha II, que, no período de descontos, viram Cura negar o golo que parecia não lhes fugir.

Pereira de Sousa

FONTE: Correio da Manhã

domingo, 27 de março de 2011

Infesta bateu Felgueiras em bom jogo de futebol

Ao contrario da semana passada, o Infesta chegou ao intervalo a perder mas na segunda parte conseguiu dar a volta ao marcador com dois golos de Paulinho.
Com a ausência do guarda-redes Miguel Matos, que cumpre castigo, José Manuel Ribeiro colocou Duarte na baliza, chamando o júnior Pedro Magalhães para o banco de suplentes. A equipa do Infesta alinhou com Duarte, António, Rui Jorge, Vilas Boas, Galego, Rui Franco, Cláudio (Serge, 71'), Vitinha I, Vitinha II, Paulinho (Antero, 89') e Braga (Pedro Nuno, 45').

O Infesta foi a primeira equipa a criar perigo. Logo aos 2 minutos, Paulinho pela direita, cruza rasteiro junto à linha de fundo para Braga que de calcanhar quase marcava, valeu o guardião Cura defender para canto. A equipa do Infesta continuava com sinal mais na partida. Aos 14 minutos, Paulinho, que aparece pela direita, remata para defesa do guardião para canto. No pontapé de canto marcado por Vitinha, este passa a bola para a entrada da área, onde novamente Paulinho, remata rasteiro com a bola a passar rente ao poste. Na jogada seguinte, o Felgueiras quase marca pois Bruno, depois de uma jogada de insistência da equipa felgueirense, atira ao poste da baliza de Duarte. O Infesta voltou a ter oportunidades para marcar. Aos 24 minutos, num lançamento lateral a meio campo de Galego, a bola foi para Paulinho que junto à linha consegue passar por dois defesas, cruza para a área com perigo, mas o guardião com uma palmada, evita que a bola chegasse a Braga. Em contra-ataque rápido conduzido por Vitinha II, este passou para a direita onde Paulinho ganha espaço para o remate que sai á figura de Cura. O Felgueiras voltou a pressionar e a cinco minutos do fim, Bakero ganha um lance na linha, consegue flectir para o meio onde remata ao lado da baliza de Duarte. Na resposta, num passe em profundidade de um jogador do Infesta, a bola fica à mercê de Vitinha II que perante o guarda-redes, atira para boa intervenção. Pouco antes do intervalo, o Felgueiras chega ao golo, Bruno aparece isolado pela direita e perante a saída de Duarte, atira para o fundo da baliza.O Felgueiras estava injustamente em vantagem. Antes do intervalo, o Infesta teve duas excelentes oportunidades para empatar. Primeiro foi Paulinho com um excelente remate para boa defesa do guardião Cura e depois numa jogada de insistência na área do Felgueiras, a bola sobra para Cláudio que atira contra um defensor forasteiro.
O Infesta ia para o intervalo injustamente a perder.
Na segunda parte, o Infesta entrou logo a marcar. Num livre junto à quina da grande área, descaído para a esquerda, Paulinho de pé direito, não deu hipótese de defesa. Estava feita a igualdade. Pouco depois, grande jogada entre Vitinha II e Pedro Nuno, que entrou ao intervalo, ganhou espaço à entrada da área, fazendo um remate enrolado que o guardião Cura só defendeu à segunda. Aos 54 minutos os jogadores do Infesta reclamaram uma grande penalidade por pretensa mão de Tanta dentro da área, mas o arbitro, mandou seguir. Aos 57 minutos, o Infesta beneficia de um livre indirecto dentro da área do Felgueiras por atraso de bola de Totta para o guardião Cura. Vitinha com um pequeno toque, deixou a bola à mercê de Paulinho que atirou sem hipóteses (ver video). O Infesta passava para a frente do marcador e continuava a mostrar excelente futebol. Aos 64 minutos, novo contra-ataque do Infesta conduzido por Vitinha II, que passou para Pedro Nuno que da direita, cruzou junto à linha de fundo para o centro onde aparece Cláudio que remata e permite uma excelente intervenção de Cura. No minuto seguinte, cruzamento de Paulinho para a cabeça de Pedro Nuno que atirou ao lado. O Felgueiras pouco ou nada fazia para chegar ao empate e só aos 85 minutos é que num cabeceamento de Vasco Mendes incomodou Duarte que defendeu com segurança. Mas o Infesta procurava dilatar a vantagem aos 91 minutos, Pedro Nuno pela esquerda fintou dois adversários mas o remate saiu por cima. Mesmo ao cair do pano, Serge ganha um lance na linha de fundo, atrasou para Vitinha II que rematou para excelente intervenção de Cura.
O Infesta venceu o Felgueiras por 2-1, e manteve as distancias para o Grijó que também venceu. Na próxima jornada, o Infesta desloca-se ao Nogueirense.
video

Veja aqui a ficha de jogo.

sábado, 26 de março de 2011

Tranquilo Felgueiras visita o líder Infesta

O Infesta recebe amanhã, o tranquilo Académico de Felgueiras que se encontra em 7º lugar na classificação, praticamente com a manutenção garantida pois tem mais 17 pontos que a primeira equipa abaixo da linha de agua, o Avintes. O jogo que se vai disputar a partir das 16h00 no Parque de Jogos Manuel Ramos, terá como pontos de interesse, a resposta que a equipa do Infesta irá dar, depois de ter sofrido no passado domingo a terceira derrota da temporada. O treinador José Manuel Ribeiro, não poderá contar com o guarda-redes Miguel Matos, que foi expulso no ultimo jogo com o Lixa, sendo provavelmente substituído por Duarte na baliza. A equipa do Infesta continua no primeiro lugar com mais 8 pontos que o Grijó, 2º classificado. Quanto à equipa de Felgueiras, que perdeu na primeira volta em casa com o Infesta por 1-2, venceu na passada semana em casa o Avintes por 3-1 e praticamente assegurou a permanência nesta divisão.
O arbitro nomeado para este encontro será o Sr. Ivan Vigário.

sexta-feira, 25 de março de 2011

Paulinho e pouco mais...

O Infesta entrou na partida a vencer com um golo obtido aos 4 minutos, por Paulinho: depois de romper pela esquerda, cruzou para a área, a bola ainda toca em Filipe e traiu o guarda-redes da casa, colocando o Infesta em vantagem. O Lixa não se ficou e pressionou intensamente junto à área do Infesta: os mamedenses foram obrigados a recuar, com alguma concentração, foram sacudindo essa pressão, ate que ao minuto 26 sofreu o empate, após um cruzamento da esquerda por Ruben, Tiago Dias falhou a intercepção e, de forma caprichosa, Matos fez o empate. Dez minutos depois, Mauro, de livre, estourou à baliza obrigando Miguel a uma grande defesa para canto. O jogo estava aberto e antes do intervalo e na sequência de um contra-ataque rápido, Pedro Nuno assistiu Paulinho que depois de dominar a bola, rematou fora do alcance do guarda-redes e estava feito o 1-2, que se manteve até ao intervalo.
Na segunda parte o Infesta desiludiu os muitos adeptos presentes, ao actuar sem garra, sem ideias, muito desconcentrado, pagando caro essa factura, porque o Lixa aproveitou bem essas debilidades e deu a volta ao resultado. Aos 55’ surgiu o golo do empate de forma inaceitável, quando a defesa permitiu que Ruben, em jogada individual, partisse do meio campo, passando por vários jogadores do Infesta, inclusivamente o guarda redes Miguel. Aos 61’ o Lixa passou para a frente no marcador por intermédio de Matos, aproveitando mais uma vez a defesa mamedense muito permissível. Era o melhor momento da equipa da casa que podia ter marcado aos 74’ por Quinzinho que surgiu na cara de Miguel e rematou por cima. O Infesta em desvantagem adiantava-se demasiado no terreno e em contra ataque rápido aos 76’ o Lixa teve 4 jogadores isolados para um, valendo a determinação de Vilas Boas para eliminar o lance de perigo. O Infesta continuou balanceado na frente à procura do golo do empate e aos 81’ Pedro Nuno podia ter feito o 3-3, pois surgiu dentro da área bem posicionado, fintou o guarda-redes, tentou fintar um defesa e o remate foi desperdiçado.
Os minutos finais pertenceram ao Infesta que pressionou na área do Lixa, no entanto numa descida à área do Infesta e já no 4º minuto de descontos, Miguel desnecessariamente teve uma atitude irreflectida, ao segurar a bola com as mãos, pisando um adversário, o que lhe custou a expulsão que lhe dará certamente dois jogos, um penalty em que o sacrificado para a baliza foi Paulinho que nada pode fazer na conversão da grande penalidade convertida por Ruben.
O Lixa acabou por justificar a vitória, perante uma arbitragem muito contestada pelos jogadores do Infesta.

José Manuel Ribeiro: Treinador do Infesta
“Depois de uma 1ª parte bem disputada, em que saímos para o intervalo em vantagem, nada fazia prever uma parte complementar tão complicada. Dá a entender que ficamos no balneário e por isso perdemos bem. A equipa perdeu a cabeça, mais uma vez o árbitro não ajudou e isto tem acontecido ao longo das jornadas e nós temos de saber lidar bem com estas coisas e não podemos perder a cabeça por más decisões dos árbitros. Embora isto não justifique tudo, nós mantemos o 1º lugar e os jogadores têm que saber que isto é uma maratona. Não gostei do que fizemos na segunda parte, não gostei da atitude, não gostei dos erros que cometemos, muitos erros infantis que deram em golos e acabamos por perder bem.”

Joaquim Sousa

FONTE: Jornal de Matosinhos

quarta-feira, 23 de março de 2011

Resumo da semana desportiva

FUTEBOL:
Os seniores perderam pela terceira vez esta temporada na deslocação ao terreno do Lixa por 4-2. Paulinho bisou ainda na primeira parte levando o Infesta em vantagem por 1-2 para o intervalo, mas uma segunda parte de maior fulgor dos lixenses, fizeram com que conseguissem dar a volta ao marcador na etapa complementar. No próximo domingo, o Infesta recebe o Felgueiras.
Os juniores proporcionaram juntamente com a equipa do Amarante, um excelente espectáculo de futebol no passado sábado. Alex Madureira com um hattrick, Lúcio Fernandes e João Silva, marcaram os golos com que o Infesta brindou o Amarante, com um resultado final de 5-4. No próximo sábado, o Infesta desloca-se ao Alfenense.
Os juvenis continuam a marcar passo na luta pela permanência pois foram derrotados pelo Pedras Rubras por 1-3 com o golo do Infesta a ser apontado por Rúben. Com 12 pontos em disputa até ao final, o Infesta está a 8 da permanência o que faz com que seja difícil tal objectivo. No próximo domingo, o Infesta desloca-se ao Senhora da Hora.
Os iniciados iniciaram a fase dos 8ºs com uma vitoria no terreno do AMCH Ringue por 3-4, com golos de Pedro Correia, Paulo Pontes e João Pedro que bisou, partilhando a liderança com o Avintes e São Martinho. No próximo domingo, o Infesta recebe o Senhora da Hora.
Os infantis perderam na estreia da fase dos 5ºs com o Gulpilhares por 0-3. No sábado, a equipa desloca-se ao Nun'Álvares.
Os benjamins perderam por 0-1 com o Aliados de Lordelo e continuam longe de lutar pelo titulo de campeão do escalão. No próximo sábado, o Infesta recebe o Varzim.

ANDEBOL:
Os seniores iniciam este sábado a fase de subida ao receber o Samora Correia.
Os juniores sofreram mais uma derrota, desta feita frente ao líder ABC por 19-30. A equipa mantém-se no penúltimo lugar e no próximo domingo, desloca-se ao ultimo classificado Boavista.
Já os juvenis venceram o ABC por 17-28 e continua no encalço do líder Ginásio Santo Tirso, equipa que o Infesta irá receber no próximo domingo.
Os iniciados perderam com o líder ABC por 32-49 e estão em 3º lugar do grupo, atrás de ABC e FC Porto. No próximo sábado, recebe o São Bernardo.
Os infantis venceram o Académico por 23-27 estando a dois pontos da liderança. No dia 3 de Abril, a equipa recebe o líder Vigorosa.
Os minis venceram o Vigorosa por 14-15 e já estão em 2º lugar na classificação. No próximo domingo, o Infesta recebe o Aguas Santas.

terça-feira, 22 de março de 2011

O Infesta precisa de todos nós

Caros sócios e simpatizantes do Futebol Clube de Infesta. Como todos vocês sabem, a equipa de futebol sofreu a terceira derrota este domingo na deslocação ao terreno do Lixa. Embora seja um adversário algo complicado, o Infesta tem vindo a perder terreno nos últimos jogos para os seguidores e tem-se vindo a verificar, á excepção do encontro em Pedrouços, que nos últimos jogos fora de casa, a equipa tem tido muito pouco apoio dos adeptos. É preciso começar a acompanhar a equipa, dar-lhe o incentivo que parece por vezes faltar. O nosso Infesta está na luta pelo titulo de campeão e é muito importante que os adeptos fossem apoiar uma equipa de verdadeiros campeões, que desde a 2ª jornada, lidera este campeonato. Faltam oito jogos para terminar, quatro em casa e quatro fora. As deslocações até são curtas (Nogueirense, Arcozelo, Custóias e Salgueiros 08) e a bancada do Parque de Jogos Manuel Ramos tem melhores condições.
Vamos apoiar os futuros campeões da AF Porto, a começar já no próximo domingo, na recepção ao Académico de Felgueiras. FORÇA INFESTA!

domingo, 20 de março de 2011

Infesta entrou a ganhar, mas acabou por perder

O Infesta sofreu esta tarde a terceira derrota da temporada ao perder na Lixa por 4-2 e viu o Grijó reduzir a vantagem de 9 para 8 pontos ao empatar no Nogueirense a uma bola.
Numa primeira parte equilibrada mas com sinal mais dos forasteiros, o Infesta entrou praticamente a ganhar com um golo de Paulinho logo aos 3 minutos do encontro, mas a equipa do Lixa conseguiu o empate por Rúben à passagem dos 25 minutos. Paulinho, pouco antes do intervalo, conseguiu levar o Infesta em vantagem para o intervalo ao apontar o segundo golo da tarde.
Na segunda parte, o Infesta não esteve tão bem e o Lixa apareceu com outra atitude e conseguiu dar a volta ao marcador na ultima meia hora de jogo com dois golos de Mauro e outro de Rúben de grande penalidade.

Veja aqui a ficha de jogo.

sexta-feira, 18 de março de 2011

Infesta vai tentar quebrar a tradição

Sem ter dados dos resultados do Infesta na deslocação ao terreno do Lixa nas temporadas 93/94, 94/95 e 96/97, a ultima vitoria da equipa mamedense no Estádio Senhor do Amparo foi na histórica temporada 88/89, com a vitoria do Infesta por 0-4. Nas ultimas cinco visitas, o Infesta apenas conseguiu um empate em 03/04 a três golos, tendo sido derrotado nos outros quatro encontros.
Será um jogo bastante difícil para José Manuel Ribeiro que terá um adversário moralizado pelas sete vitorias nos últimos dez jogos, embora não tenha vencido os últimos dois jogos ao perder em casa com o Grijó por 0-2 e empatado a zero na deslocação ao terreno do Avintes. A equipa do Lixa continua a tentar lutar por um eventual 2º lugar, que poderá dar acesso à 3ª divisão, mas tem visto o Grijó a aumentar a vantagem, estando já a 7 pontos de distancia. Quanto ao Infesta, a equipa respondeu bem á derrota com o Pedrouços e venceu o S. Pedro da Cova no dia da inauguração oficial do Parque de Jogos Manuel Ramos. Faltam seis vitorias para o Infesta garantir automaticamente o titulo de campeão e de certeza que não vão deixar fugir a oportunidade a começar já por uma vitoria na Lixa.

Campo da Arroteia foi inaugurado

Cumprido um desejo do Futebol Clube de Infesta

O Campo da Arroteia já tem um relvado sintético e uma bancada coberta, tendo a inauguração decorrido em clima de festa, no domingo, pouco antes de um jogo de futebol, na presença de Guilherme Pinto e José Guilherme Aguiar, respectivamente presidente da Câmara e vereador do Desporto, de Manuel Ramos, presidente da direcção do Futebol Clube de Infesta, e de Luísa Salgueiro, deputada do PS na Assembleia da Republica e adepta do clube.
Para além do campo relvado e da bancada, benzidas pelo pároco de S. Mamede de Infesta, reverendo Ângelo, o estádio passou a ter balneários e um sistema de rega automática do relvado.
O denominado Parque de Jogos Manuel Ramos representa um investimento total de 545 mil euros, provenientes na sua maioria do Município, tendo Guilherme Pinto referido que a Câmara tem em curso “uma serie de investimentos no desporto, pois na nossa planificação descobriu-se que havia falta de recintos desportivos, sendo particularmente dramática a situação de S. Mamede de Infesta pois o antigo campo do Futebol Clube de Infesta já não cumpria sequer as medidas regulamentares”.
O que levou a Câmara a realizar as obras foram os atletas mais novos, “estando aqui imensas crianças e jovens que são os que precisam de ter uma formação desportiva conveniente, para além de uma boa educação. É por isso que lhes queremos proporcionar. O relvado sintético permite maior utilização do campo”.
Manuel Ramos reconheceu que lutou “mais de 30 anos para que esta obra fosse concretizada e como tal estou muito comovido, mas bastante feliz, por ter sido útil à comunidade”.
José Guilherme Aguiar sublinhou que “o desporto é uma escola de vida. Não estamos aqui apenas a inaugurar um equipamento desportivo, mas sim um espaço que vai permitir a educação dos nossos jovens. Mais importante que os campeões e os títulos são os jovens que aqui vão crescer”.
Lourenço Pinto, presidente da Associação de Futebol do Porto, citou palavras de um poema de Fernando Pessoa enaltecendo o trabalho desenvolvido por Manuel Ramos, lembrando que “Deus quer, o Homem sonha, a obra nasce. Só quem conhece Manuel Ramos e a sua devoção sabe que ele fez em prol do desporto e do futebol de formação”.
António Moutinho Mendes, presidente da autarquia mamedense, congratulou-se pela concretização do campo de jogos, precisando que “esta obra vem preencher uma lacuna em S. Mamede de Infesta, e dar resposta a dezenas de jovens em formação não só desportivamente mas também civicamente. São eles os futuros homens de amanha”. Lembrou, no entanto, uma promessa municipal da construção do futebol Complexo Desportivo Nascente.
Igual lembrança teve Luísa Salgueiro, que defendeu que seja encontrada “uma forma de se construir esse complexo”, ao que Guilherme Pinto prometeu que tudo fará para que essa obra venha a ser uma realidade.

José Maria Cameira

FONTE: Jornal de Matosinhos

Paulinho e Vitinha brilharam na festa

Um milhar assistiu à inauguração do campo desportivo

Foi com alguma pompa e circunstancia que perto de um milhar de pessoas assistiu à inauguração da remodelação do Parque Manuel Ramos, na Arroteia.
Depois do Presidente da Câmara Municipal, Guilherme Pinto, descerrar uma placa alusiva ao acto, surgiram os foguetes e, em simultâneo, os bombos dos Águias de S. Mamede entoaram. O desfile dos vários escalões estenderam-se pelo relvado e os discursos das entidades oficiais foram muito aplaudidos.
Para complementar a festa foi importante a vitória do Infesta sobre o S. Pedro da Cova, que deu para manter bem afastados os segundos classificados.
O jogo iniciou-se de forma equilibrada, houve um período em que o Infesta sentiu alguma resistência, depois foi rompendo pela bem estruturada defensiva adversária.
Na segunda parte a equipa apareceu mais organizada e expressou a sua superioridade com dois golos espectaculares de Paulinho e Vitinha II, que assim quiseram presentear os muitos adeptos mamedenses presentes em dia de festa.
Pertenceu à equipa local os primeiros lances ofensivos, na sequência de três cantos consecutivos que foram desaproveitados de forma atabalhoada. A equipa mineira, em velocidade, procurou chegar rapidamente à área do Infesta, mas foi travada pela defensiva da equipa da casa, algumas vezes recorrendo a faltas. Foram vários livres que a equipa visitante também desfrutou, enviados sobre a baliza de Miguel. Ao minuto 22 aconteceu uma jogada combinada com Vitinha II a deixar ficar a bola para Vitinha I que fez a bola beijar a trave. A um minuto do intervalo registou-se novo remate de Vitinha I a permitir uma grande defesa do gr Leite.
Após o reatamento o Infesta surgiu mais determinado e cedo Paulinho deu vantagem ao Infesta. A bola foi lançada para as costas da defesa visitante, Paulinho ganhou posição em relação ao central, correu para a área e, na cara do gr, rematou para o golo. O SP da Cova sentiu a desvantagem, pressionou, deu emotividade ao jogo, mas por pouco tempo, já que num lance rápido de contra-ataque, quando decorria o minuto 70, Vitinha II, em jogada individual pelo lado direito, desenvencilhou-se de dois adversários, ganhou espaço e cruzou para a área em jeito de chapéu, fazendo a bola entrar junto ao 2º poste, e estava feito o 2-0. Naturalmente foi um golo muito festejado dentro e fora do campo e deu para a equipa da casa se encolher um pouco mais, gerindo a vantagem com mais posse de bola. Nos derradeiros minutos, Tiago Dias subiu ao meio campo adversário e, com um soberbo remate, esteve perto de aumentar a vantagem.
Arbitragem foi bem conduzida.

Treinador do Infesta: José Manuel Ribeiro
“Antes demais, quero expressar os meus parabéns ao nosso presidente porque finalmente conseguiu fazer a inauguração desta obra, que era há muito tempo por ele desejada. Dar-lhe os parabéns dos meus jogadores e da equipa técnica e agradecer-lhe tudo aquilo que tem feito pelo Infesta ao longo destes 37 anos como presidente. Espero que continue a liderar o clube enquanto tiver forças, porque é um presidente singular e tão cedo o Infesta não encontra outra pessoa assim.
Quanto ao jogo, a equipa entrou um pouco ansiosa quando tinha a bola e acho que estivemos bem quando sem bola. Praticamente não deixamos o adversário jogar.
Na 2ª parte fizemos os golos, depois descemos um pouco as nossas linhas e não me lembro de alguma vez o adversário fazer perigo na nossa baliza. Voltamos a estar muito bem em termos defensivos, não facilitamos, estivemos muito concentrados e, por isso, dei os parabéns à equipa que, depois da derrota da passada semana, não é fácil reagir bem e ainda por cima em dia de festa queríamos todos dar uma vitória ao presidente e conseguimos.
Agora vamos trabalhar durante a semana para defrontar o Lixa que é mais um jogo difícil e temos que nos preparar bem para tentar ganhar pontos”.

Joaquim Sousa

FONTE: Jornal de Matosinhos

quarta-feira, 16 de março de 2011

Resumo da semana desportiva

Três vitorias e uma derrota para o andebol. No futebol, duas vitorias, um empate e uma derrota.

FUTEBOL:
Os seniores inauguraram da melhor forma o Parque de Jogos Manuel Ramos - Arroteia, com uma vitoria sobre o São Pedro da Cova por 2-0. Com golos de Paulinho e Vitinha II na segunda parte, o Infesta manteve a distancia de 9 pontos para o 2º classificado, o Grijó que também venceu. No próximo domingo, o Infesta desloca-se ao terreno do Lixa.
Os juniores venceram na deslocação ao Sousense por 1-3. Com golos de Diogo Mendes, Fábio Pinto e Alex Madureira, o Infesta continua no encalço de Tirsense e Lousada tendo menos 3 pontos, mas com um jogo a menos. No próximo sábado, o Infesta recebe o Amarante.
Os juvenis foram derrotados pelo Maia Lidador por 7-0 e complicaram as contas da manutenção pois o Arcozelo conseguiu somar pontos nesta jornada. No próximo domingo, o Infesta recebe o Pedras Rubras.
Os iniciados não competiram, mas já vão iniciar no próximo domingo, a fase dos 8ºs na deslocação ao AMCH Ringue. As outras equipas que vão competir com o Infesta são o São Martinho, GDC Ferreira, Vandoma, Senhora da Hora, Amarante e Avintes.
Os infantis também não jogaram mas iniciam sábado a fase dos 5ºs classificados com a recepção ao Gulpilhares. As outras equipas da serie são o Nun'Álvares, Ac.Amarante, Estrelas de Fanzeres, Carvalhosa, Várzea e Salgueiros 08.
Os benjamins foram derrotados na deslocação ao líder Candal por 4-0 e mantêm-se no 8º lugar do campeonato. No próximo sábado, recebem o Aliados de Lordelo.

ANDEBOL:
Os seniores estão de parabéns pois para além da vitoria frente ao Ílhavo por 27-26, conquistaram a Zona Norte da 3ª Divisão Nacional, indo agora disputar a fase de promoção com o Ílhavo, ADC Benavente, C.Vela Tavira, CD Mariense e NA Samora Correia. A 1ª jornada será a 26 de Março com o Infesta a receber o NA Samora Correia.
Os juvenis empataram em casa a 28 golos com o CB Penafiel e viram o Gin.Santo Tirso a fugir no 1º lugar. O Infesta mantém-se no 2º lugar a 3 pontos do líder. No próximo domingo, o Infesta desloca-se ao ABC.
Os infantis golearam por 51-0 o ISMAI e estão no 6º lugar da Taça Primavera a apenas 2 pontos do líder Boavista. No domingo, o Infesta desloca-se ao Académico.
Os minis iniciaram com uma derrota por 13-15 frente ao Académico, a 2ª fase do Campeonato Regional. No próximo domingo, a equipa do Infesta desloca-se ao Estrela e Vigorosa.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Andebol garante primeiro lugar na zona norte

A equipa sénior de Andebol do Infesta, garantiu com a vitoria deste fim-de-semana ao Ílhavo por 27-26, o primeiro lugar na Zona Norte do Campeonato Nacional da 3ª Divisão. Com esta conquista, o Infesta vai agora disputar um lugar de acesso à 2ª Divisão Nacional, juntamente com mais 5 equipas que são, o Ílhavo, ADC Benavente, C.Vela Tavira, CD Mariense e NA Samora Correia. Parabéns à equipa sénior do Infesta.

Infesta dá mais um passo rumo à subida

Após 45 minutos em que o equilíbrio foi a nota dominante, o Infesta assumiu o controlo do jogo e construiu uma vitoria que não sofre o mínimo de contestação. Num encontro em que procuravam a surpresa, os mineiros resistiram à supremacia do líder até aos 51 minutos, momento em que o goleador Paulinho desatou o nó e abriu caminho ao triunfo dos mamedenses. Superior em todos os capítulos do encontro, o conjunto local viria a selar a conquista dos três pontos aos 70 minutos, por intermédio de Vitinha II.

FONTE: Jornal de Noticias

Infesta inaugura sintético com triunfo

Distrital do Porto: Líder não teve dificuldades para bater o S. Pedro da Cova

O Infesta bateu o São Pedro da Cova por 2-0, ilustrando da melhor forma a festa do clube da casa, que ontem inaugurou o relvado sintético, a bancada e novos balneários do Campo da Arroteia.

Frente a um adversário teoricamente acessível, dado que está na metade inferior da tabela, o Infesta apenas manifestou superioridade no segundo período da partida. Nos primeiros 45 minutos, o São Pedro da Cova ofereceu muita resistência ao líder da Divisão de Honra da AF do Porto, traduzido num futebol muito disputado e musculado de parte a parte.

Até que, no reatamento, o futebol mais objectivo do Infesta acabaria por traduzir em golos as oportunidades que foi construindo e que só não tiveram êxito na primeira parte devido ao bom desempenho do guarda-redes Zé Leite, do São Pedro da Cova. Assim, seis minutos volvidos sobre o intervalo, o ponta-de-lança Paulinho, do Infesta, foi servido nas costas da defesa contrária. Com apenas o guarda-redes adversário pela frente, não teve quaisquer dificuldades em dar à equipa da casa vantagem no marcador.

Um golo que traduzia o ascendente do Infesta, que pouco depois dilatava a diferença no marcador com um grande golo de Vitinha II. Servido junto à linha, no lado direito, ultrapassou dois defensores adversários e, com um remate cruzado e em chapéu, arrancou os maiores aplausos da tarde à maioria dos 600 espectadores que estiveram na nova bancada. Estava ditada a sorte do jogo, frente a um adversário que já não oferecia grande resistência.

Pereira de Sousa

FONTE: Correio da Manhã

domingo, 13 de março de 2011

Infesta vence S. Pedro da Cova por 2-0

Numa tarde com muita chuva e muito frio, fez-se o possível para que a inauguração do Parque de Jogos Manuel Ramos, corresse nas melhores condições. Varias entidades estiveram presentes, desde o Presidente da Câmara de Matosinhos, Dr. Guilherme Pinto, o vereador do Desporto, Dr. Guilherme Aguiar e a deputada da Assembleia da Republica, Luísa Salgueiro, assim como o Presidente da Junta de Freguesia de S.Mamede de Infesta, Sr. Moutinho Mendes.
O Infesta regressou às vitorias esta tarde ao vencer por 2-0 os "mineiros" de S. Pedro da Cova. O treinador José Manuel Ribeiro, fez regressar ao onze o capitão Vitinha que cumpriu jogo de castigo na passada semana com o Pedrouços e apostou em Galego para lateral esquerdo em vez de Coutinho. Sendo assim fez alinhar Miguel, Tiago Dias, Rui Jorge, Vilas Boas, Galego (Coutinho, 78'), Cláudio, Vitinha I, Vitinha II (Armando, 87'), Serge (Rui Franco, 76'), Paulinho e Pedro Nuno.
A equipa do São Pedro da Cova, foi a primeira a criar perigo quando no primeiro minuto, um jogador aparece pela esquerda, valendo Tiago Dias a cortar para canto. Mas o Infesta respondeu bem e aos 3 minutos, canto da direita de Vitinha I, onde aparece Rui Jorge nas alturas a atirar de cabeça ao lado. O jogo passou-se a jogar mais a meio campo, aparecendo oportunidades de parte a parte, mas aos 20 minutos, num livre batido por Vitinha I, a bola embate contra um jogador forasteiro, tendo depois Paulinho rematado novamente contra um defensor mineiro e noutra recarga, Paulinho novamente atira pouco ao lado.O Infesta dispôs de duas oportunidades consecutivas e Vitinha II, a passe de Pedro Nuno, rematou cruzado para defesa do guarda-redes forasteiro. Logo de seguida, Vitinha II, atrasou para Vitinha que atirou à barra. O São Pedro da Cova de tentou bisar a baliza de Miguel. Num livre marcado pela direita, Dialló aparece ao segundo poste, cabeceando para o centro, mas a defesa do Infesta aliviou muito bem a bola. Aos 43', canto ao primeiro poste de Vitinha I, que Pedro Nuno com o pé, não conseguiu desviar, minutos depois, Paulinho aparece pela direita e tenta o cruzamento para Pedro Nuno, mas o guarda-redes defendeu para canto.
A primeira parte termina com um nulo no marcador com o Infesta a ser castigado pela ineficácia no ataque.
A segunda parte foi bem diferente. O Infesta entrou determinado em marcar o golo e o mesmo aconteceu aos 51 minutos por Paulinho, que apareceu isolado perante o guardião forasteiro, não dando hipóteses de defesa. Estava inaugurado o marcador. Aos 53 minutos, nova oportunidade para o Infesta, canto de Vitinha I, e Pedro Nuno a cabecear por cima da baliza. O Infesta fazia o suficiente para estar a vencer e aos 70 minutos, Vitinha II em jogada individual pela direita, desenvencilhou-se de dois adversários e quando todos esperavam o cruzamento para o centro da área, fez um magnifico chapéu ao guardião do São Pedro da Cova, aumentando a vantagem para 2-0. Poucos minutos depois Arturinho de livre, atirou ao lado da baliza de Miguel. A cinco minutos do final, Pedro Nuno não conseguiu aproveitar da melhor forma, um mau atraso do guardião, atirando ao lado da baliza.A vitoria do Infesta é justa, principalmente pela boa segunda parte realizada. O arbitro do encontro, esteve em evidencia ao mostrar demasiados cartões amarelos aos jogadores de ambas as equipas, sem que tal se justificasse.
Nos restantes jogos da jornada, todos os seguidores do Infesta (Grijó, Nogueirense e Pedras Rubras) venceram à excepção do Lixa que empatou a zero em Avintes.
Na próxima jornada, o Infesta desloca-se ao terreno do Lixa.

Veja aqui a ficha do jogo.

sábado, 12 de março de 2011

Infesta recebe mineiros, só com a vitória no pensamento

Não estava nas contas de muita gente a derrota na passada semana do Infesta em Pedrouços e menos ainda que fosse da maneira que muita gente testemunhou com uma grande penalidade inexistente, 5 minutos depois dos 90. Agora, a equipa quer regressar às vitorias e já neste domingo, na recepção aos mineiros de São Pedro da Cova. Na primeira volta, a equipa mamedense goleou por 0-5, tendo realizado uma das melhores exibições da temporada. A equipa de Gondomar, não perde à três jornadas, tendo alcançado excelentes resultados nas ultimas jornadas, depois de um inicio de campeonato algo desastroso. Para além das vitorias ao Avintes e Ataense, a equipa mineira empatou à 15 dias no terreno do Grijó e venceu na jornada 18 o Pedras Rubras. A equipa encontra-se no 11º lugar com 30 pontos mas ainda não está a salvo da despromoção. O Infesta mantém-se destacado na liderança do campeonato e quer manter as distancias para os mais directos perseguidores. Faltam vencer sete dos dez encontros que restam, para o Infesta se sagrar Campeão da Divisão de Honra da AF Porto.
Antes do encontro, haverá a inauguração oficial do Parque de Jogos da Arroteia a partir das 14h00. As bancadas já estão tapadas na parte traseira, pelo que a chuva e o frio, já não serão um problema. Há também a destacar a colocação de placas de publicidade em volta do estádio, dando outro aspecto ao recinto.
O arbitro nomeado para o encontro é o Sr. Toni Rodrigues.

sexta-feira, 11 de março de 2011

Penalti estranho... ao cair do pano

José Manuel Ribeiro garante que irá defender lugar que o Clube ocupa.

O Infesta não conseguiu impor-se ao Pedrouços e sofreu a segunda derrota na sequência de uma grande penalidade muito duvidosa assinalada ao cair do pano.
Foi um jogo muito disputado, mas sem grande primores técnicos, onde a equipa local esteve muito coesa defensivamente, soube esperar por vezes com algum anti-jogo e com alguma sorte à mistura, o inevitável aconteceu aos 95 minutos.
O jogo iniciou-se com intensidade, com as equipas a procurar de imediato chegar à vantagem, o Infesta foi o primeiro a criar perigo, Vitinha II assistiu Serge que já no interior da área, de cabeça, desperdiçou por cima da barra, no minuto seguinte, Paulinho depois de ultrapassar os defesas, cruzou erradamente para as mãos do guarda redes. O jogo estava vivo e Miguel, atento e apertado teve de socar uma bola entre um molhe de jogadores e no lance seguinte teve de se arrojar aos pés de um avançado.
À passagem da meia hora, o jogo mantinha-se equilibrado e surgiram as melhores oportunidades de marcar. Serge e Paulinho estiveram nos melhores lances do Infesta e viram Zé António negar-lhe o golo, também Miguel esteve bem em dois lances, ao segurar um remate de Pedro e noutra situação teve de defender com os pés um remate de Sampaio.
Uma substituição forçada contrariou José Manuel ao ter de retirar Coutinho lesionado. Para o seu lugar entrou Galego que depois de uma lesão prolongada estreou-se com uma boa exibição.
Na 2ª parte o Infesta intensificou o dominio, mas houve muito desperdicio notou-se a falta do capitão Vitinha e viu-se um incansavel Paulinho a jogar atras e à frente e merecia melhor sorte. Neste período o Infesta jogou com mais determinação, mas sentia-se empurrado para tras com o arbitroa não usar os mesmos criterios. Aos 55', confusão na area do Infesta que não alivia e o reentrado Paulinho rematou ao lado da baliza de Miguel. Depois a bola foi para a area da equipa da casa cruzada ao segundo poste e Rui Jorge rematou para uma defesa dificil de Zé Antonio que neste lance chocou com o poste, ficanco lesionado e que mais tarde iria ser substituido. Aos 65' na melhor jogada do desafio por parte dos homens do Infesta, com principio, meio e fim, Tiago Dias desperdiçou por cima.
Notavam-se algumas fraquezas físicas do Pedrouços, que neste periodo mostravam-se incapazes de jogar de igual para igual parecendo satisfeito com o empate. Aos 71' Paulinho de livre viu o guarda redes sacudir com os punhos. As entradas de Braga e Almeida por troca de Vitinha II e Cláudio, não estavam a surtir melhorias. Em contra-ataques rapidos do Pedrouços chegava junto à área do Infesta, valeu o arrojo de Rui Franco aos 84 fazer falta sobre um avançado e uma boa defesa de Miguel. O Infesta apostava nos derradeiros minutos, balanceou-se para a frente e aos 88 e 89, tanto Braga como Pedro Nuno desperdiçaram duas soberbas oportunidades e já para lá da hora e em contra ataque rápido Fabu entrou na área do Infesta e em disputa com Vilas Boas deixou-se cair o arbitro ainda hesitou um pouco, mas a pedido assinalou grande penalidade de nada valendo os protestos. Grande penalidade que Pedro transformou no único golo da partida.
Arbitragem com dualidade de critérios.

Treinador do Infesta: José Manuel Ribeiro
"Já previa ser complicado. O mau estado do relvado não permitia jogar bem, por isso as equipas optaram por jogar um futebol mais longo. Julgo que nós estivemos melhores depois da meia hora de jogo. Ambas as equipas criaram muitas oportunidades de fazer golo, mas considero que pertenceu ao Infesta as mais flagrantes, por exemplo na parte final, desperdiçamos 3 lances de golo, 2 delas só com o guarda-redes pela frente, e agora a terminar acho que o arbitro estava à espera que algum jogador do Pedrouços entra-se na nossa área para marcar penalti.
Nós somos humildes demais, não fazemos qualquer pressão sobre os árbitros e temos tido situações destas noutros jogos que felizmente com trabalhos dos jogadores temos conseguido superar, enquanto há outras equipas beneficiadas que vão ao colo. Além de sermos penalizados com muitas faltinhas o lance do penalti foi inventado, mas podem estar à vontade que nós tudo iremos fazer para defender o lugar que ocupamos".

quinta-feira, 10 de março de 2011

Infesta na Liga dos Ultimos

Como prometido, aqui está o video da reportagem que a Liga dos Ultimos fez, no jogo entre o Infesta e o Avintes.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Resumo da semana desportiva

FUTEBOL:
Os seniores sofreram a segunda derrota da temporada na deslocação ao vizinho e rival Pedrouços pela margem mínima ao perder por 1-0, num jogo polémico, pois o Infesta sofreu o golo aos 95 minutos numa grande penalidade, que só o arbitro viu. Apesar da derrota, o Infesta mantém-se líder do campeonato, com mais 9 pontos que o segundo classificado, Grijó. No próximo domingo, a equipa recebe o São Pedro da Cova.
Os juniores não conseguiram melhor que um empate a uma bola na recepção ao líder Tirsense. João Silva ainda colocou o Infesta em vantagem mas o Tirsense numa rara descida à baliza de Pedro, empatou. A equipa do Infesta fez tudo para conseguir os três pontos, mas a equipa de Santo Tirso, colocou o "autocarro" à frente da baliza, impossibilitando a que se assistisse a um bom jogo de futebol. O Infesta continua a depender apenas de si próprio para se qualificar para a segunda fase. No próximo sábado, a equipa desloca-se ao Sousense.
Os juvenis perderam em casa com o Varzim por 0-2 e mantêm-se na 14ª posição do campeonato. Ainda faltam algumas jornadas e não há que perder as esperanças de ainda se conseguir a manutenção. No proximo domingo, o Infesta desloca-se ao Maia Lidador.
Os benjamins tiveram dupla jornada. No sábado, deslocaram-se ao Lousada e venceram por 0-1. Na terça feira, dia de Carnaval, a equipa recebeu o Vilanovense e perdeu pelo mesmo resultado. A equipa está agora no 9º lugar com 6 pontos. No próximo sábado, o Infesta desloca-se ao Candal.

ANDEBOL:
No único jogo de andebol deste fim-de-semana, os juvenis perderam pela primeira vez no Campeonato Nacional da 2ª Divisão. O feito foi alcançado pelo NDA Pombal por 37-40. A equipa desceu ao 2º lugar com 7 pontos, a dois do líder Ginásio de Santo Tirso. No próximo domingo, a equipa recebe o CB Penafiel.

terça-feira, 8 de março de 2011

Inauguração oficial do relvado do Campo da Arroteia

Após a conclusão das obras levadas a efeito no Campo da Arroteia, nomeadamente a colocação de um relvado sintético e de uma bancada coberta, designou-se o próximo dia 13 de Março (Domingo), pelas 14 horas, para se proceder à inauguração oficial daqueles trabalhos, que consistirá no descerramento de uma placa evocativa, à qual se seguirá uma parada de atletas do Clube e o jogo de futebol entre as equipas seniores do Infesta e do S. Pedro da Cova.

FONTE: www.fcinfesta.com

segunda-feira, 7 de março de 2011

Descontos deram glória ao Pedrouços

Líder Infesta concede segunda derrota na prova

O Pedrouços bateu ontem o líder Infesta, por 1-0. A vitória da equipa da casa surgiu nos últimos instantes da partida, quando o central Pedro foi chamado a converter um castigo máximo, no último minuto do período de descontos de um jogo muito equilibrado. Decorria o quinto minuto de descontos concedido pelo árbitro Hélder Lamas, quando o extremo Fabu, do Pedrouços, foi carregado por Rui Jorge e estatelou-se na área do Infesta. Um penálti que não deixou dúvidas ao juiz da partida, Hélder Lamas, que prontamente assinalou a marca de 11 metros, sem grandes protestos dos visitantes.

O golo do Pedouços acabou por premiar a equipa mais feliz, num jogo que teve dois períodos de domínio bem diferenciados. Na primeira parte, a equipa da casa foi mais perigosa e construiu maior número de lances para golo. No segundo tempo, coincidindo com uma ligeira quebra de rendimento do Pedrouços, o Infesta foi implacável e surgiu amiúde com muito perigo junto à baliza à guarda de Zé António.
Rui Jorge, Tiago Dias e Rui Franco desperdiçaram oportunidades soberanas para o Infesta se adiantar no marcador. No lance de Rui França (minuto 74), o guarda-redes Zé António acabaria por se lesionar na zona lombar, ao chocar com o poste direito da sua baliza.
O guardião do Pedrouços continuou mais cinco minutos em campo – estava a ser um dos melhores da sua equipa –, mas acabou por ser substituído por Ivo, que também soube suster as investidas do Infesta, com algumas boas intervenções.

Pereira de Sousa

FONTE: Correio da Manhã

domingo, 6 de março de 2011

Infesta perde com penalti inexistente

Quando toda a gente se preparava para sair do estádio do Pedrouços depois de um jogo equilibrado entre ambas as equipas, e com um empate a zero no marcador, eis que surge o árbitro Hélder Lamas a dar um ar da sua graça aos 95 minutos, ao assinalar uma grande penalidade inexistente por suposta falta de um defesa do Infesta, sobre Fabu, que se atira claramente para o chão dentro da área, ficando toda a gente no estádio boquiaberta com tal decisão.
Depois de 45 minutos de muito equilíbrio entre ambas as equipas onde rarearam as oportunidades junto das balizas, o empate a zero traduzia isso mesmo. Na segunda parte, deu mais Pedrouços do que Infesta mas o empate no fim dos 90 minutos, acabava por se aceitar até que aos 95 minutos, Pedro Ferreira bateu Miguel na grande penalidade, dando a vitória à equipa maiata.
O Infesta mantém a liderança isolada do campeonato, mas com a distância reduzida para 9 pontos para o segundo classificado, o Grijó, que esta tarde teve uma importante vitoria no terreno do Lixa, 3º classificado por 0-2, aumentando a distância para 5 pontos. O 4º classificado, Nogueirense, venceu em casa o Nun’Álvares por 3-1, enquanto o 5º, Pedras Rubras, empatou a zero no terreno do Barrosas.

Veja aqui a ficha de jogo.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Faltam sete vitórias

O Infesta desloca-se até Pedrouços num jogo a contar para a 24ª jornada do campeonato. Quando faltam onze jogos para o mesmo terminar, o Infesta necessita apenas de vencer sete dos encontros que ainda tem para disputar para se sagrar campeão da Divisão de Honra da AF Porto, um titulo que escapa ao Infesta desde 1984, quando conseguiu subir pela segunda vez à III Divisão Nacional. Titulo esse que o Pedrouços conquistou à muito pouco tempo quando a equipa regressou aos campeonatos nacionais em 2009, mas que na temporada seguinte, fez companhia ao Infesta na descida ao campeonato mais elevado da AF Porto. A equipa maiata, encontra-se a fazer um campeonato muito abaixo das expectativas. Estão neste momento num aflito 14º lugar com apenas mais dois pontos que o Valonguense, a primeira equipa abaixo da linha de agua e venceu apenas uma vez nas ultimas 14 jornadas, perdendo mesmo com um dos aflitos na passada jornada, o Avintes por 1-0. Um fraco pecúlio para uma equipa que embora não se tenha assumido como favorita à subida de divisão, tinha obrigação de estar mais descansada a meio da tabela. Já o Infesta vem de duas vitórias consecutivas depois de ter perdido a invencibilidade com o Grijó e no passado domingo, teve muitas dificuldades para levar de vencida a aguerrida equipa do Vilarinho no seu reduto pela margem mínima. Um espectáculo de vizinhos, a não perder.

quinta-feira, 3 de março de 2011

Rui Jorge fez a justiça

Infesta soma mais três

Um golo de Rui Jorge, permitiu ao Infesta somar mais três pontos, e ao beneficiar dos empates dos seus mais directos adversários, deu mais um passo importante na sua caminhada rumo aos Nacionais.
Os responsáveis mamedenses já previam dificuldades nesta deslocação, a um terreno pelado, perante uma equipa muito jovem e aguerrida e mais adaptada a este tipo de terreno. O jogo foi muito disputado a meio campo, com o Vilarinho a ser a equipa mais pressionante no entanto só por duas vezes criaram perigo, com Miguel a ter que mostrar as suas qualidades num remate de Ricardo aos 10 minutos e aos 15' viu a bola passar com muito perigo junto aos postes. O Infesta, mais defensivo, fez o seu jogo, mas falhou muito nas transições.
Na segunda parte o jogo foi mais emotivo, e o Infesta reapareceu com outra dinâmica, produzindo mais lances de ataque, mas foi preciso chegar ao minuto 60 para surgir a primeira oportunidade com Pedro Nuno a romper pelos centrais, entrando na área, acabando, porem, por faltar discernimento e o lance perdeu-se nas mão de Vítor.
O Vilarinho fez alguma pressão no ultimo reduto do Infesta e criou dois lances consecutivos que Miguel interceptou. O jogo estava aberto e Vitinha II é rasteirado junto à área dos locais. Paulinho executou o livre para o interior da área, Tiago ganhou nas alturas e desviou para o segundo poste, onde surgiu Rui Jorge que encostou para o fundo da baliza, fazendo o único golo da partida. Nos minutos seguintes, o Infesta esteve perto de aumentar a vantagem, mas tanto Vitinha II, como Paulinho, erraram o alvo.
A equipa da casa parecia acreditar no empate e tudo fizeram para marcar, encostando o Infesta atrás e tendo a seu favor varios livres e três cantos nos últimos minutos em que a bola rondou a linha de baliza de Miguel e o guardião mamedense teve trabalho apertado, um dos quais com a colaboração de Cláudio que ofereceu o corpo a um remate à queima-roupa. Por duas vezes, os locais introduziram a bola nas redes mamedenses, prontamente anulados por fora-de-jogo, lances em que os adeptos locais, estiveram perto de um ataque de nervos.
Foi um triunfo sofrido, mas justo perante uma arbitragem que não agradou a ninguém.
No domingo, às 15 horas, Pedrouços - Infesta.

Treinador do Infesta: José Manuel Ribeiro
"Ando a ficar cansado de assistir a este tipo de arbitragem, além de não termos jogado bem, o arbitro também não deixou jogar na primeira parte, a minha equipa não podia saltar, não podia atacar, assinalava sempre falta contra nós e isso condicionou-nos um bocado. Sabia que iria ser difícil, alem do terreno ser pelado, a equipa local vinha de uma serie de bons resultados, é uma equipa complicada e as coisas não nos iam saindo bem, não dava para fazer as transições rápidas, os passes saiam mal.
Na segunda parte alteramos e fizemos um futebol com passe mais longo e acabou por resultar. Estivemos bem até ao golo, depois surgiu um nervosismo que não deixou a equipa continuar a atacar. Sofremos muito, mas por aquilo que aconteceu, o resultado é justo."

Joaquim Sousa

FONTE: Jornal de Matosinhos

quarta-feira, 2 de março de 2011

Resumo da semana desportiva

O futebol esteve em fim-de-semana sim, o andebol em fim-de-semana não.

FUTEBOL:
Os seniores passaram mais um difícil obstáculo na caminhada rumo à III divisão, na deslocação ao terreno do Vilarinho. A vitoria por 0-1, com um golo de Rui Jorge a 15 minutos do fim, mostra bem das dificuldades que a equipa de Santo Tirso, provoca no seu pelado. O Infesta aumentou a vantagem para 12 pontos em relação ao segundo classificado, Grijó, que empatou. No próximo domingo, nova deslocação, desta feita ao vizinho Pedrouços.
Os juniores bateram o Folgosa da Maia por 4-2, mas não se julgue que o encontro foi fácil para os atletas do Infesta. A equipa maiata vencia à passagem da meia hora de jogo por 0-2 e só a muita vontade de vencer, demonstrada por todos os intervenientes infestistas, é que fizeram com que o Infesta, conseguisse dar a volta ao resultado com golos de Lúcio Fernandes que bisou, Fábio Magalhães e Ferreira. No próximo sábado, o Infesta tem um jogo muito importante na recepção ao líder Tirsense, onde só a vitoria interessa.
Os juvenis, que ainda não perderam em casa desde que actuam na Arroteia, venceram o Avintes por 2-0 e deram mais um passo importante na luta pela manutenção. A equipa mantém o 14º lugar e no próximo domingo, voltam a jogar em casa ao receberem o Varzim.
Os iniciados terminaram o campeonato com uma vitoria por 2-1 frente ao Leça do Balio e conseguiram um honroso 8º lugar. A equipa vai agora competir na fase dos 8ºs classificados.
Os infantis empataram a dois golos na deslocação ao Castelo da Maia e terminaram a primeira fase no 5º lugar. A equipa vai agora disputar a serie dos 5ºs.
Os benjamins sofreram uma derrota em casa com o Marco 09 por 0-2 e caíram para o 11º lugar da série de apuramento para o campeão do escalão. No sábado, deslocam-se ao Lousada.

ANDEBOL:
Os seniores do Infesta sofreram uma pesada derrota com o Feirense por 31-22. O treinador do Infesta que já tem garantido o acesso à fase de subida, aproveitou para utilizar alguns jogadores menos utilizados nesta partida. No próximo dia 12 o Infesta recebe o 2º classificado Ílhavo.
Os juniores sofreram mais uma derrota, desta feita na deslocação a Espinho por 33-26. A equipa mantém o 11º lugar e no proximo dia 20, recebe o ABC.
Os juvenis venceram por 31-35 o Afifense e estão na 1ª posição, juntamente com o Ginásio de Santo Tirso e Académica de S.Mamede só com vitorias. No próximo sábado, o Infesta recebe o Pombal.
Os iniciados perderam por 35-32 com o FC Porto e estão no 2º lugar juntamente com os dragões no grupo 2. No próximo dia 19, o Infesta recebe o ABC.
Os infantis estrearam-se na Taça Primavera com uma derrota contra o Póvoa do Varzim por 20-19. No próximo dia 13, recebem o ISMAI.

terça-feira, 1 de março de 2011

Infesta na Liga dos Últimos

Como muitos de vocês sabem, o Infesta teve a visita da Liga dos Últimos no passado dia 20 de Fevereiro, durante o jogo da nossa equipa contra o Avintes, que nós vencemos por 5-1. Em contactos desenvolvidos pelo Blogue do Infesta com os responsáveis da Liga dos Últimos, ficou-se a saber que a reportagem passa no próximo dia 9 na RTP N pelas 22h30. O programa será repetido a 11 de Março ás 13h30, na madrugada de 12 para 13 às 03h10, no dia 13 às 15h10 e a ultima exibição será na madrugada de 15 para 16 às 03h10. Posteriormente, irei colocar nesta pagina, um link para também poderem ver.